Percurso recente da política penitenciária no brasil: o caso de são paulo Report as inadecuate




Percurso recente da política penitenciária no brasil: o caso de são paulo - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Letícia Godinho de Souza ; Eduardo Cerqueira Batitucci ;Revista de Administração PúblicaRAP 2013, 47 5

Author: Marcus Vinicius Gonçalves da Cruz

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista de Administração Pública - RAP ISSN: 0034-7612 deborah@fgv.br Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Brasil Gonçalves da Cruz, Marcus Vinicius; Godinho de Souza, Letícia; Cerqueira Batitucci, Eduardo Percurso recente da política penitenciária no Brasil: o caso de São Paulo Revista de Administração Pública - RAP, vol.
47, núm.
5, septiembre-octubre, 2013, pp.
1307-1325 Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=241028538011 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Percurso recente da política penitenciária no Brasil: o caso de São Paulo 1 Marcus Vinicius Gonçalves da Cruz Fundação João Pinheiro (FJP-MG) Letícia Godinho de Souza Fundação João Pinheiro (FJP-MG) Eduardo Cerqueira Batitucci Fundação João Pinheiro (FJP-MG) Esse artigo analisa a trajetória recente da política penitenciária em São Paulo, o estado brasileiro com o maior número de pessoas encarceradas.
A partir de uma abordagem qualitativa, realizou-se pesquisa analisando os diferentes contextos e indicativos das políticas públicas utilizadas, ressaltando as dificuldades existentes para sua institucionalização.
Os levantamentos revelam que a expansão do sistema é marcada por um endurecimento dos regimes de aplicação da pena, encerrando um breve período de humanização nos anos 1980.
O recrudescimento das ações da “sociedade dos cativos”, a disseminação de controles mais rígidos, como o Regime Disciplinar Diferenciado, o embate político e midiático reforçaram um ciclo vicioso voltado para o aumento da repressão.
Conclui-se que foram mantidas as características paradoxais do sistema pri...





Related documents