A hélice do poder público: padrões de distribuição de recursos federais para as fundações de amparo à pesquisa estaduais Report as inadecuate




A hélice do poder público: padrões de distribuição de recursos federais para as fundações de amparo à pesquisa estaduais - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Lucia de F. N. de Queiroz ; Valmir Emil Hoffmann ;Revista de Administração PúblicaRAP 2016, 50 5

Author: Gustavo Nóbrega Danda

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista de Administração Pública - RAP ISSN: 0034-7612 rap@fgv.br Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Brasil Nóbrega Danda, Gustavo; de Queiroz, Lucia de F.
N.; Emil Hoffmann, Valmir A hélice do poder público: padrões de distribuição de recursos federais para as Fundações de Amparo à Pesquisa Estaduais Revista de Administração Pública - RAP, vol.
50, núm.
5, septiembre-octubre, 2016, pp. 843-865 Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=241048305007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto A hélice do poder público: padrões de distribuição de recursos federais para as Fundações de Amparo à Pesquisa Estaduais Gustavo Nóbrega Danda Universidade de Brasília - Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) Brasília - DF — Brasil Lucia de F.
N.
de Queiroz Universidade de Brasília - Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) Brasília - DF — Brasil Valmir Emil Hoffmann Universidade de Brasília - Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) Brasília - DF — Brasil O trabalho tem por objetivo identificar padrões de distribuição nas transferências de recursos federais para as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), no período de 2004 a 2012, no contexto de implantação da política nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I).
O referencial teórico que orientou a análise da política de C,T&I foi fundamentado por estudos de autores que se filiam ao neoinstitucionalismo.
Como o estudo buscava identificar associações entre variáveis, foi adotada a correlação de Kendall-Tau, uma vez que os dados não atenderam ao...





Related documents