Atividade autonômica em uma adolescente com ventrículo único submetida à intervenção fisioterapêutica: relato de caso Report as inadecuate




Atividade autonômica em uma adolescente com ventrículo único submetida à intervenção fisioterapêutica: relato de caso - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

RG Mendes ; RP Simões ; MS Reis ; AM Catai ; Audrey Borghi-Silva ;Revista Brasileira de Fisioterapia 2008, 12 2

Author: V Castello

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Brasileira de Fisioterapia ISSN: 1413-3555 rbfisio@ufscar.br Associação Brasileira de Pesquisa e PósGraduação em Fisioterapia Brasil Castello, V; Mendes, RG; Simões, RP; Reis, MS; Catai, AM; Borghi-Silva, Audrey Atividade autonômica em uma adolescente com ventrículo único submetida à intervenção fisioterapêutica: relato de caso Revista Brasileira de Fisioterapia, vol.
12, núm.
2, marzo-abril, 2008, pp.
157-160 Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia São Carlos, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=235016537013 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ISSN 1413-3555 ESTUDO DE CASO Rev Bras Fisioter, São Carlos, v.
12, n.
2, p.
157-60, mar.-abr.
2008 © Revista Brasileira de Fisioterapia Atividade autonômica em uma adolescente com ventrículo único submetida à intervenção fisioterapêutica: relato de caso Autonomic activity in an adolescent with a single ventricle who underwent physical therapy intervention: case report Castello V, Mendes RG, Simões RP, Reis MS, Catai AM, Borghi-Silva A Resumo Objetivo: Avaliar a atividade autonômica de uma adolescente com ventrículo único (VU), sem correção cirúrgica, participante de um programa de fisioterapia.
Materiais e métodos: Paciente do sexo feminino, 14 anos, com diagnóstico de VU tipo esquerdo, sem correção cirúrgica.
A atividade autonômica foi avaliada pela variabilidade da freqüência cardíaca (VFC) nas posições supina e sentada, e pela manobra para acentuar a arritmia sinusal respiratória (M-ASR) no início do primeiro (A1), segundo (A2) e terceiro anos (A3) de tratamento fisioterapêutico cardiovascular (TFC) ambulatorial.
Os intervalos RR e a freqüência cardíaca bati...





Related documents