Entrevista com prof. jean-jacques rassial Report as inadecuate




Entrevista com prof. jean-jacques rassial - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental 2002, V 4

Author: Mário Eduardo Costa Pereira

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental ISSN: 1415-4714 psicopatologiafundamental@uol.com.br Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Brasil Costa Pereira, Mário Eduardo Entrevista com Prof.
Jean-Jacques Rassial Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol.
V, núm.
4, diciembre, 2002, pp.
142-149 Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=233018122012 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto R E V I S T A LATINOAMERICANA DE PSICOPATOLOGIA F U N D A M E N T A L Ano V, n.
4, dez- 2 0 02 Rev.
Latinoam.
Psicopat.
Fund., V, 4, 142-149 Entrevista com Prof.
Jean-Jacques Rassial* Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental (RLAPPF): Prof. Jean-Jacques Rassial, o sr.
trabalha na Universidade Paris XIII, mas nesse 142 momento está se transferindo para a Universidade de Provence-AixMarseille I, onde passará a dirigir o Laboratório de Psicopatologia Clínica.
Para começar: na qualidade de psicanalista implicado na investigação científica acadêmica, como o sr.
vê o contexto atual da pesquisa psicanalítica na universidade? Prof.
Rassial : Houve uma evolução muito grande nos últimos anos. Antigamente, a pesquisa psicanalítica na universidade era marginal, marginalizada ao mesmo tempo pelos universitários e pelos psicanalistas. Contudo, pela influência de um certo número de pessoas, creio que devese citar dois em especial: Pierre Fédida e Roland Gori, a pesquisa em psicanálise conquistou uma verdadeira inserção na universidade, com concepções epistemológicas sobre as quais é preciso refletir e, eu diria, com uma autonomia de pesquisa...





Related documents