Fundamentos da psicanálise de freud a lacan, vol. 2: a clínica da fantasia marco antonio coutinho jorge rio de janeiro: zahar, 2010, 288 págs. Report as inadecuate




Fundamentos da psicanálise de freud a lacan, vol. 2: a clínica da fantasia marco antonio coutinho jorge rio de janeiro: zahar, 2010, 288 págs. - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental 2016, 19 2

Author: Alessandro Melo Bacchini

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental ISSN: 1415-4714 psicopatologiafundamental@uol.com.br Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Brasil Melo Bacchini, Alessandro Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan, vol.
2: A clínica da fantasia Marco Antonio Coutinho Jorge Rio de Janeiro: Zahar, 2010, 288 págs. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol.
19, núm.
2, abril-junio, 2016, pp.
342-345 Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=233046413011 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto R E V I S T A LATINOAMERICANA DE P S I C O P A T O L O G I A F U N D A M E N T A L Rev.
Latinoam.
Psicopat.
Fund., São Paulo, 19(2), 342-345, jun.
2016 http:--dx.doi.org-10.1590-1415-4714.2016v19n2p342-11. Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan, vol.
2: A clínica da fantasia Marco Antonio Coutinho Jorge Rio de Janeiro: Zahar, 2010, 288 págs. A fantasia e sua travessia Alessandro Melo Bacchini*1 342 No segundo volume dos Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan, Coutinho Jorge aborda a fantasia — definida em articulação à pulsão e ao inconsciente — de forma a situar o segmento da obra de Freud então intitulado “ciclo da fantasia”, em que se verifica grande produtividade, reorganização e ressignificação de conceitos fundamentais.
Com essa via de análise, tem-se a elevação da fantasia ao estatuto de um conceito, por seu caráter fundador e mediador do encontro do sujeito com o real. Os conceitos fundamentais de inconsciente e a pulsão abrem caminho ao que Coutinho Jorge nomeia como o ciclo da fantasia, período fértil de produção freudian...





Related documents