Governança corporativa embutida nas escrituras de debêntures emitidas no brasil Report as inadecuate




Governança corporativa embutida nas escrituras de debêntures emitidas no brasil - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Hsia Hua Sheng ; Márcia Lima Bandeira ;Revista de AdministraçãoRAUSP 2007, 42 3

Author: Richard Saito

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista de Administração - RAUSP ISSN: 0080-2107 rausp@edu.usp.br Universidade de São Paulo Brasil Saito, Richard; Hua Sheng, Hsia; Lima Bandeira, Márcia Governança corporativa embutida nas escrituras de debêntures emitidas no Brasil Revista de Administração - RAUSP, vol.
42, núm.
3, julio-septiembre, 2007, pp.
280-292 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=223417438002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Governança corporativa embutida nas escrituras de debêntures emitidas no Brasil RESUMO Richard Saito Hsia Hua Sheng Márcia Lima Bandeira A emissão de debêntures tem sido uma das principais fontes de financiamento de médio e longo prazos no Brasil.
Neste artigo, analisa-se como as cláusulas das escrituras de emissão de debêntures têm sido utilizadas para mitigar os custos de agência entre acionistas e debenturistas.
Os dados incluem 119 escrituras de debêntures emitidas entre 1998 e 2001 e 141 emitidas entre 2002 e 2005 no Brasil.
Busca-se verificar se os investidores exigem cláusulas restritivas nas escrituras.
Comparando-se com os estudos anteriores de Anderson (1999) e de Filgueira e Leal (2001), foram encontradas evidências empíricas de que: houve maior número de debêntures emitidas sem indexação à inflação, mas com taxa flutuante para atender às exigências do mercado; não existiram grandes mudanças no prazo de emissão; houve cláusulas menos restritivas em relação às ações de distribuição e de financiamento adicional; e houve cláusulas mais restritivas em relação à mudança de controle e de não-constituição de garantias reais.
Existe evidência empírica de que o papel do patrocinador pode reduzir r...





Related documents