Gosto e inovação na indústria de vestuário Report as inadecuate




Gosto e inovação na indústria de vestuário - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Fátima de Oliveira Araújo ;Revista Ciências Administrativas 2006, 12 1

Author: Daniel Rodriguez de Carvalho Pinheiro

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=475647701008


Teaser



Revista Ciências Administrativas ISSN: 1414-0896 revcca@unifor.br Universidade de Fortaleza Brasil Rodriguez de Carvalho Pinheiro, Daniel; de Oliveira Araújo, Fátima Gosto e inovação na indústria de vestuário Revista Ciências Administrativas, vol.
12, núm.
1, agosto, 2006, pp.
76-82 Universidade de Fortaleza Fortaleza, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=475647701008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Daniel Rodriguez de Carvalho Pinheiro e Fátima de Oliveira Araújo Gosto e inovação na indústria de vestuário Taste and innovation in the clothing industry Daniel Rodriguez de Carvalho Pinheiro1 e Fátima de Oliveira Araújo2 Resumo A intenção deste texto é apresentar o gosto como um fenômeno moral que medeia a relação entre o consumidor e a mercadoria roupa pronta-para-usar3 e as relações dele com a inovação no negócio de vestuário.
O problema para a gestão do gestão do conhecimento e para a administração de negócios é perceber que a ciência é apenas uma forma de conhecimento, mesmo que muito importante.
O gosto dos agentes, na cultura da individualização, determina o que produzir e repercute sobre a competitividade.
Primeiro investigou-se o que é gosto em Kant e Gadamer.
Depois, o gosto como fonte de inovação no negócio (LIPOVESTKY).
Fez-se também um trabalho empírico-analítico junto às indústrias de vestuário.
Descobriu-se que o conceito de gosto está associado às características tangíveis da roupa (tecido) e intangíveis (praticidade), e que a inovação procura atender, dentre outras coisas, a esse gosto. Palavras-chave: Gestão do conhecimento.
Gosto.
Preferência.
Inovação e indústria de vestuário. Abstract The goal of this text is...





Related documents