Traços culturais de pequenas empresas do setor madeireiro Report as inadecuate




Traços culturais de pequenas empresas do setor madeireiro - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Carlos Eduardo Carvalho ;Revista Ciências Administrativas 2006, 12 1

Author: Denise Del Prá Netto Machado

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=475647701002


Teaser



Revista Ciências Administrativas ISSN: 1414-0896 revcca@unifor.br Universidade de Fortaleza Brasil Del Prá Netto Machado, Denise; Carvalho, Carlos Eduardo Traços culturais de pequenas empresas do setor madeireiro Revista Ciências Administrativas, vol.
12, núm.
1, agosto, 2006, pp.
16-24 Universidade de Fortaleza Fortaleza, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=475647701002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Denise Del Prá Netto Machado e Carlos Eduardo Carvalho Traços culturais de pequenas empresas do setor madeireiro Cultural aspects of the small companies of wood sector Denise Del Prá Netto Machado1 e Carlos Eduardo Carvalho2 Resumo A cultura organizacional tem sido tema de estudos acadêmicos desde a década de 1980.
Porém, poucos estudos brasileiros procuram identificar semelhanças em aspectos culturais entre empresas de um setor específico.
Esta pesquisa, efetuada junto às indústrias madeireiras da região de Curitibanos, objetivou identificar traços culturais relacionados às dimensões, de ênfase no futuro ou no presente, e de pessoalidade ou impessoalidade, na percepção dos líderes destas empresas.
Trata-se de pesquisa quantitativa, descritiva, e exploratória, realizada sob a forma de um levantamento de corte transversal, e respondido por 67 líderes empresariais.
Os resultados apontam para uma cultura organizacional relativamente homogênea, com fortes traços de ênfase no presente, e de pessoalidade.
Encontrou-se também uma relativa independência da cultura organizacional, permitindo afirmar que a cultura organizacional depende mais da própria cultura regional do que dos produtos e do faturamento das empresas, bem como da idade, escolaridade, gênero, te...





Related documents