Fragilidade ambiental e expansão urbana da região administrativa nordeste da sede do município de santa maria, rs Report as inadecuate




Fragilidade ambiental e expansão urbana da região administrativa nordeste da sede do município de santa maria, rs - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Bernardo Sayão Penna e Souza ;Ciência e Natura 2010, 32 2

Author: Marilene Dias do Nascimento

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=467546358010


Teaser



Ciência e Natura ISSN: 0100-8307 cienciaenaturarevista@gmail.com Universidade Federal de Santa Maria Brasil Dias do Nascimento, Marilene; Sayão Penna e Souza, Bernardo Fragilidade ambiental e expansão urbana da Região Administrativa Nordeste da sede do município de Santa Maria, RS Ciência e Natura, vol.
32, núm.
2, 2010, pp.
163-181 Universidade Federal de Santa Maria Santa Maria, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=467546358010 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Fragilidade ambiental e expansão urbana da Região Administrativa Nordeste da sede do município de Santa Maria, RS Marilene Dias do Nascimento, Bernardo Sayão Penna e Souza Laboratório de Geomorfologia e Percepção Ambiental Departamento de Goeciências-CCNE Universidade Federal de Santa Maria, RS e-mail: mdnacimento@ymail.com Resumo A degradação dos recursos naturais é uma realidade constante nas cidades do Brasil e vem desencadeando problemas ambientais e sociais preocupantes.
O estudo da fragilidade ambiental natural, acentuada pelas ações antrópicas, em ambientes urbanos, deve ser objeto de pesquisas que visem à expansão urbana.
Assim, o objetivo principal desta pesquisa é realizar o diagnóstico da fragilidade ambiental potencial e emergente da Região Administrativa Nordeste da sede do município de Santa Maria,RS.
A metodologia utilizada tem como base Ross (1994), que define fragilidade ambiental a partir dos conceitos de Unidades Ecodinâmicas (Tricart, 1977), agrupadas em Unidades Ecodinâmicas Instáveis e Unidades Ecodinâmicas Estáveis, com o estabelecimento de graus de fragilidade, desde o muito fraco, até o muito forte.
A Carta de Fragilidade Ambiental Potencial resultou da sobreposição dos ...





Related documents