Mídias sociais e comunicação científica: análise altmétrica em artigos de periódicos da ciência da informação Report as inadecuate




Mídias sociais e comunicação científica: análise altmétrica em artigos de periódicos da ciência da informação - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Em Questão 2015, 21 1

Author: Ronaldo Ferreira Araujo

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=465645966006


Teaser



Em Questão ISSN: 1807-8893 emquestao@ufrgs.br Universidade Federal do Rio Grande do Sul Brasil Ferreira Araujo, Ronaldo Mídias sociais e comunicação científica: análise altmétrica em artigos de periódicos da ciência da informação Em Questão, vol.
21, núm.
1, enero-abril, 2015, pp.
96-109 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Porto Alegre, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=465645966006 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Revista da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS v.
21, n.
1 – Jan.-Abr.
2015 Mídias sociais e comunicação científica: análise altmétrica em artigos de periódicos da ciência da informação Ronaldo Ferreira Araujo Doutorando, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Professor, Universidade Federal de Alagoas (UFAL); ronaldfa@gmail.com Resumo: Este estudo discorre brevemente sobre as mídias sociais e a comunicação científica, situando o emergente campo da altmetria para análise dessa relação. Apresentam-se aqui os resultados de uma pesquisa exploratória que teve por objetivo a análise de métricas alternativas para 125 artigos de periódicos da Ciência da Informação Qualis A.
No uso da ferramenta altmetric.com, 36% dos artigos retornaram dados altmétricos.
Dentre as revistas, dá-se destaque para a Ciência da Informação, com 21 artigos e 297 dados altmétricos.
Quanto às mídias, 92,43% dos dados vieram do Mendeley, contra 7,57% do Twitter, e nenhum registro do Facebook.
Considera-se que a falta de padronização das revistas pode ser um dos fatores do reduzido quantitativo de artigos encontrado, e que parametrizações de Application Programming Interface – APIs de mídias como Facebook e Twitter – podem ...





Related documents