Consumo sustentável e ambiente: o papel do estado e das políticas públicas na inculcação de disposições ambientalistas Report as inadecuate




Consumo sustentável e ambiente: o papel do estado e das políticas públicas na inculcação de disposições ambientalistas - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Sociologia: Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto 2016, XXXII

Author: Isabel Silva Cruz

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=426549569003


Teaser



Sociologia: Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto ISSN: 0872-3419 revistasociologia@letras.up.pt Universidade do Porto Portugal Silva Cruz, Isabel Consumo sustentável e ambiente: o papel do Estado e das políticas públicas na inculcação de disposições ambientalistas Sociologia: Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, vol.
XXXII, 2016, pp.
33-60 Universidade do Porto Porto, Portugal Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=426549569003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto CRUZ, Isabel Silva (2016), “Consumo sustentável e ambiente: o papel do Estado e das políticas públicas na inculcação de disposições ambientalistas”, Sociologia, Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Vol.
XXXII, pp.
33 - 60 DOI: 10.21747-0872-3419-soc32a2 Consumo sustentável e ambiente: o papel do Estado e das políticas públicas na inculcação de disposições ambientalistas Isabel Silva Cruz Instituto de Sociologia da Universidade do Porto Resumo Os efeitos nefastos do consumo sobre o ambiente trouxeram para a agenda política as questões do consumo sustentável.
Neste artigo propomo-nos realizar uma análise retrospetiva da centralidade que as questões do consumo sustentável e do ambiente assumiram para os diversos governos portugueses, de 1976 até 2015.
Ancorados nas perspetivas teóricas do crescimento (“growth”) e do decrescimento (“degrowth”) e da sua relação com o conceito de consumo sustentável, e recorrendo à análise documental, discutiremos quer a relação entre o ambiente e a economia, quer a eficácia das estratégias privilegiadas pelos diferentes governos constitucionais com vista à inculcação de disposições ambientalistas. P...





Related documents