A anomalia da anomalia. os refugiados ambientais como problemática teórica, metodológica e prática Report as inadecuate




A anomalia da anomalia. os refugiados ambientais como problemática teórica, metodológica e prática - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

REMHURevista Interdisciplinar da Mobilidade Humana 2011, 19 36

Author: Fernando Malta

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=407042013009


Teaser



REMHU - Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana ISSN: 1980-8585 remhu@csem.org.br Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios Brasil Malta, Fernando A ANOMALIA DA ANOMALIA.
Os refugiados ambientais como problemática teórica, metodológica e prática REMHU - Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana, vol.
19, núm.
36, enero-junio, 2011, pp.
163-178 Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios Brasília, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=407042013009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Fernando Malta A ANOMALIA DA ANOMALIA Os refugiados ambientais como problemática teórica, metodológica e prática Fernando Malta* O artigo tem como objetivo principal problematizar o fenômeno dos refugiados ambientais na teoria clássica das Relações Internacionais, com ênfase em sua difícil existência no Sistema de Estados moderno. Para tanto, revê a (pequena) bibliografia que pensa e critica definições, metodologias e conceitos e explora as perspectivas práticas das mudanças climáticas e de sua falta de reconhecimento legal nesse início de milênio. Palavras-Chave: Refugiados Internacionais; Soberania Ambientais; Refugiados; Relações Introdução O fenômeno dos refugiados é tão antigo quanto os primeiros Estados-nação, caracterizando-se justamente pelo seu caráter anômalo ao sistema interestatal.
“Refugiados” são todos aqueles que, por motivo de perseguição, não podem permanecer em seu território de origem, tendo necessariamente que buscar abrigo em outros Estados.
Ora, a perseguição de uma população específica numa coletividade humana é tão (ou mais) antiga que os tempos bíblicos; a grande diferenciação dos refugiados como fenômeno da modernidad...





Related documents