Avaliação da lidocaína tópica como pré-medicação para a endoscopia digestiva alta em crianças Report as inadecuate




Avaliação da lidocaína tópica como pré-medicação para a endoscopia digestiva alta em crianças - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Airton Viriato ; Aurea Cristina Portorreal ;Revista Paulista de Pediatria 2009, 27 4

Author: Rodrigo Strehl Machado

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406038931012


Teaser



Revista Paulista de Pediatria ISSN: 0103-0582 rpp@spsp.org.br Sociedade de Pediatria de São Paulo Brasil Strehl Machado, Rodrigo; Viriato, Airton; Portorreal, Aurea Cristina Avaliação da lidocaína tópica como pré-medicação para a endoscopia digestiva alta em crianças Revista Paulista de Pediatria, vol.
27, núm.
4, diciembre, 2009, pp.
424-429 Sociedade de Pediatria de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406038931012 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Avaliação da lidocaína tópica como pré-medicação para a endoscopia digestiva alta em crianças Evaluation of topical lidocaine spray as premedication to upper gastrointestinal endoscopy in children Rodrigo Strehl Machado1, Airton Viriato2, Aurea Cristina Portorreal3 RESUMO ABSTRACT Objetivo: Avaliar a eficácia da lidocaína spray tópica como droga adjuvante na sedação e analgesia de crianças e adolescentes para endoscopia digestiva. Métodos: Foram incluídos 80 pacientes (49 femininos e 31 masculinos, idade média 12±3 anos), 40 no grupo placebo e 40 no grupo lidocaína.
Os pacientes foram alocados aleatoriamente e um paciente de cada grupo foi excluído. Lidocaína a 10% ou placebo (ácido tânico 0,5%) aerossol (dois jatos) foram aplicados na orofaringe antes da infusão de propofol.
Os pacientes foram monitorizados durante o procedimento e após, sendo respondido questionário para avaliar odinofagia e a pré-medicação.
O desfecho primário foi a dose de propofol empregada, enquanto os desfechos secundários foram incidência de complicações, tempo de sala e duração do procedimento. Resultados: Não houve diferenças entre os grupos quanto à idade, sexo e indicação d...





Related documents