Avaliação nutricional de crianças com doença renal crônica Report as inadecuate




Avaliação nutricional de crianças com doença renal crônica - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Ulysses Fagundes ; Marise Lazaretti Castro ; Maria Cristina Andrade ; João Tomás de A. Carvalhaes ;Revista Paulista de Pediatria 2009, 27 2

Author: Ana Paula Brecheret

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406038929006


Teaser



Revista Paulista de Pediatria ISSN: 0103-0582 rpp@spsp.org.br Sociedade de Pediatria de São Paulo Brasil Brecheret, Ana Paula; Fagundes, Ulysses; Lazaretti Castro, Marise; Andrade, Maria Cristina; Carvalhaes, João Tomás de A. Avaliação nutricional de crianças com doença renal crônica Revista Paulista de Pediatria, vol.
27, núm.
2, junio, 2009, pp.
148-153 Sociedade de Pediatria de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406038929006 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Avaliação nutricional de crianças com doença renal crônica Nutritional status of children with chronic renal failure Ana Paula Brecheret1, Ulysses Fagundes1, Marise Lazaretti Castro2, Maria Cristina Andrade3, João Tomás de A.
Carvalhaes4 RESUMO Objetivo: Desnutrição constitui uma frequente complicação em crianças portadoras de doença renal, sendo a baixa estatura o principal sinal clínico.
O objetivo deste estudo é analisar o estado nutricional de crianças portadoras de doença renal por meio da antropometria. Métodos: Estudo transversal que avaliou 21 (43%) meninos e 28 (57%) meninas, com idades entre 5,3 e 19,5 anos.
As crianças foram divididas em três grupos, de acordo com o clearance (mL-min-1,73m2): Grupo 1, clearance 37 (n=19); Grupo 2, entre 15 e 37 (n=9) e Grupo 3 com clearance 15 (n=21).
A partir do peso e da estatura, calcularam-se os seguintes indicadores: Peso-Idade (P-I), Estatura-Idade (E-I) e índice de massa corpórea (IMC) e obtiveram-se os escores Z respectivos.
Escores Z menores que -2 foram considerados desnutrição.
Os grupos foram comparados por ANOVA. Resultados: Não se evidenciaram diferenças entre os grupos no que diz respeito aos da...





Related documents