Diário de bordo, de cecília meireles, ilustrado por fernando correia dias: correspondências artísticas e gênese da viagem na obra ceciliana Report as inadecuate




Diário de bordo, de cecília meireles, ilustrado por fernando correia dias: correspondências artísticas e gênese da viagem na obra ceciliana - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Revista do Instituto de Estudos Brasileiros 2016, 64

Author: Luís Antônio Contatori Romano

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=405646788015


Teaser



Revista do Instituto de Estudos Brasileiros ISSN: 0020-3874 revistaieb@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Contatori Romano, Luís Antônio Diário de bordo, de Cecília Meireles, ilustrado por Fernando Correia Dias: correspondências artísticas e gênese da viagem na obra ceciliana Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, núm.
64, 2016, pp.
325-335 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=405646788015 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Diário de bordo, de Cecília Meireles, ilustrado por Fernando Correia Dias: correspondências artísticas e gênese da viagem na obra ceciliana -Diário de bordo”, by Cecília Meireles, illustrated by Fernando Correia Dias: artistic correspondence and genesis of the trip in the work of Cecília Meireles Luís Antônio Contatori Romano1 MEIRELES, Cecília.
Diário de bordo.
Ilustrações de Fernando Correia Dias. São Paulo: Global, 2015. Diário de bordo, de Cecília Meireles, lançado pela Editora Global em 2015, seduz de imediato pela beleza da cuidadosa edição, em papel couché reflex, que contribui para destacar as reproduções fotográficas de ilustrações criadas pelo artista plástico Fernando Correia Dias, primeiro marido da poeta.
Ao nos determos no texto, encontramos a reunião das primeiras crônicas de viagem de Cecília Meireles, escritas diariamente durante a travessia marítima do Rio de Janeiro a Lisboa a bordo do navio Cuyabá, entre 20 de setembro e 12 de outubro de 1934, em companhia de Correia Dias.
São 22 crônicas que registram impressões da luz, do mar, dos passageiros e da tripulação, das paisagens que a poeta vê ao largo, das cidades em que o navio atraca.
textos que sempre ...





Related documents