Prevalência e fatores associados à inatividade física em idosos: um estudo de base populacional Report as inadecuate




Prevalência e fatores associados à inatividade física em idosos: um estudo de base populacional - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Sara Maria Lopes Salgado ; Ivani Soleira Gomes ; Aline Siqueira Fogal ; Karina Oliveira Martinho ; Luciene Fátima Fernandes Almeida ; Wederson Cândido de Oliveira ;Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia 2016, 19 3

Author: Andréia Queiroz Ribeiro

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=403846785010


Teaser



Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia ISSN: 1809-9823 revistabgg@gmail.com Universidade do Estado do Rio de Janeiro Brasil Queiroz Ribeiro, Andréia; Lopes Salgado, Sara Maria; Soleira Gomes, Ivani; Siqueira Fogal, Aline; Oliveira Martinho, Karina; Fernandes Almeida, Luciene Fátima; de Oliveira, Wederson Cândido Prevalência e fatores associados à inatividade física em idosos: um estudo de base populacional Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, vol.
19, núm.
3, julio-septiembre, 2016, pp. 483-493 Universidade do Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=403846785010 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Prevalência e fatores associados à inatividade física em idosos: um estudo de base populacional Prevalence and factors associated with physical inactivity among the elderly: a population-based study Andréia Queiroz Ribeiro1 Sara Maria Lopes Salgado2 Ivani Soleira Gomes3 Aline Siqueira Fogal1 Karina Oliveira Martinho1 Luciene Fátima Fernandes Almeida1 Wederson Cândido de Oliveira4 Resumo Objetivos: Determinar a prevalência de inatividade física entre idosos do município de Viçosa-MG e identificar seus fatores associados.
Método: Estudo transversal de base populacional conduzido no município de Viçosa-MG com 621 idosos.
Considerou-se como variável dependente a inatividade física, definida pela questão: “O(a) senhor(a) pratica alguma atividade física?” A prática de atividade física considerada restringiuse àquela realizada regularmente, por pelo menos 20 minutos, três vezes por semana, desconsiderando-se as atividades domésticas, laborais e no deslocamento.
As variáveis independentes foram: idade; sexo; escolarid...





Related documents