Saúde: vulnerabilidade social, vizinhança e atividade física Report as inadecuate




Saúde: vulnerabilidade social, vizinhança e atividade física - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Rita Barradas Barata ;Cadernos Metrópole 2016, 18 36

Author: Manoel Carlos Sampaio de Almeida Ribeiro

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=402846273006


Teaser



Cadernos Metrópole ISSN: 1517-2422 cadernosmetropole@outlook.com Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Brasil Sampaio de Almeida Ribeiro, Manoel Carlos; Barradas Barata, Rita Saúde: vulnerabilidade social, vizinhança e atividade física Cadernos Metrópole, vol.
18, núm.
36, julio-diciembre, 2016, pp.
401-420 Pontifícia Universidade Católica de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=402846273006 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Saúde: vulnerabilidade social, vizinhança e atividade física Health: social vulnerability, neighborhood and physical activity Manoel Carlos Sampaio de Almeida Ribeiro Rita Barradas Barata Resumo Este artigo analisa a associação entre atividade física, grau de vulnerabilidade social e vizinhança na área central de São Paulo.
Foram estudados os níveis de atividade física de adultos moradores em setores censitários vulneráveis e não vulneráveis relacionando esse comportamento com o contexto do bairro e com características sociodemográficas dos indivíduos.
A distribuição dos níveis de atividade física foi diferente para os dois grupos, predominando, no grupo vulnerável, as pessoas ativas no trabalho sem relação com as condições de vizinhança.
Já no grupo não vulnerável a atividade física estava dividida entre lazer e trabalho, e a maioria é pouco ativa.
Nesse grupo há associação entre atividade física e gênero, não ter carro e sensação de segurança à noite no próprio bairro. Abstract The article examines the association between physical activity, social vulnerability level and neighborhood in São Paulo’s downtown. Physical activity levels were studied in adults living in vulnerable an...





Related documents