Evidências de validade de uma versão brasileira do inventário de funções do voluntariado - ifv Report as inadecuate




Evidências de validade de uma versão brasileira do inventário de funções do voluntariado - ifv - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Maria Alexandra Gaiofatto Hees ;Psico-USF 2011, 16 3

Author: Ronaldo Pilati

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=401036087004


Teaser



Psico-USF ISSN: 1413-8271 revistapsico@usf.edu.br Universidade São Francisco Brasil Pilati, Ronaldo; Gaiofatto Hees, Maria Alexandra Evidências de validade de uma versão brasileira do Inventário de Funções do Voluntariado - IFV Psico-USF, vol.
16, núm.
3, diciembre, 2011, pp.
275-284 Universidade São Francisco São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=401036087004 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Psico-USF, v.
16, n.
3, p.
275-284, set.-dez.
2011 275 Evidências de validade de uma versão brasileira do Inventário de Funções do Voluntariado – IFV Ronaldo Pilati1 – Universidade de Brasília, Brasília, Brasil Maria Alexandra Gaiofatto Hees – Universidade de Brasília, Brasília, Brasil Resumo Entender os motivos que levam o indivíduo a iniciar e manter-se no voluntariado pode contribuir para o recrutamento de novos voluntários e para a retenção no serviço de pessoas já engajadas, pois permite aproximar os objetivos individuais de potenciais voluntários das exigências e benefícios associados às oportunidades concretas de ajuda que o ambiente proporciona.
O presente trabalho teve como objetivos adaptar e validar para o Brasil o Inventário de Funções do Voluntariado (IFV) e correlacionar o IFV com a versão reduzida do Questionário de Perfis de Valores (QPV21).
Além de corroborar a validade convergente entre estes dois instrumentos, os resultados indicaram que as motivações dos 319 participantes agregaram-se em torno de quatro fatores (valores e entendimento, proteção, carreira e engrandecimento social), replicando parcialmente a estrutura fatorial do instrumento original e confirmando a existência de diferenças culturais nas motivações para o vo...





Related documents