Expressões da homossexualidade feminina no encarceramento: o significado de se -transformar em homem- na prisão Report as inadecuate




Expressões da homossexualidade feminina no encarceramento: o significado de se -transformar em homem- na prisão - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Psico-USF 2012, 17 3

Author: Mariana Barcinski

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=401036091010


Teaser



Psico-USF ISSN: 1413-8271 revistapsico@usf.edu.br Universidade São Francisco Brasil Barcinski, Mariana Expressões da homossexualidade feminina no encarceramento: o significado de se -transformar em homem- na prisão Psico-USF, vol.
17, núm.
3, diciembre, 2012, pp.
437-446 Universidade São Francisco São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=401036091010 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Psico-USF, Bragança Paulista, v.
17, n.
3, p.
437-446, set.-dez.
2012 437 Expressões da homossexualidade feminina no encarceramento: o significado de se “transformar em homem” na prisão Mariana Barcinski – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil Resumo Mediante uma perspectiva de gênero, o presente trabalho tem como objetivo investigar as especificidades da homossexualidade feminina no encarceramento.
Pela análise do discurso de entrevistas realizadas com duas mulheres encarceradas em uma unidade prisional feminina, trataremos dos significados atrelados ao “se transformar em homem” na prisão.
As duas entrevistadas assumiram, dentro do cárcere, posturas, nomes e aparência masculinas e passaram, desde então, a ser reconhecidas por outras internas e pelo próprio staff do presídio como homens.
O objetivo é entender que tipos de privilégios tais mulheres adquirem como resultado da adoção de padrões de comportamentos tipicamente masculinos.
Os resultados atestam que as duas participantes experimentam o status e os direitos usualmente associados ao masculino, tais como a poligamia e o uso legitimado da força, reproduzindo no espaço intramuros a organização hierárquica que marca as relações heterossexuais na socieda...





Related documents