O pecado da gula. quellier, florent. gula: história de um pecado capital. são paulo: editora senac, 2011. Report as inadecuate




O pecado da gula. quellier, florent. gula: história de um pecado capital. são paulo: editora senac, 2011. - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

PhysisRevista de Saúde Coletiva 2015, 25 3

Author: Marcelo Moraes e Silva

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=400842639018


Teaser



Physis - Revista de Saúde Coletiva ISSN: 0103-7331 publicacoes@ims.uerj.br Universidade do Estado do Rio de Janeiro Brasil Moraes e Silva, Marcelo O pecado da gula.
QUELLIER, Florent.
Gula: história de um pecado capital.
São Paulo: Editora Senac, 2011. Physis - Revista de Saúde Coletiva, vol.
25, núm.
3, julio-septiembre, 2015, pp.
10331039 Universidade do Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=400842639018 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto O pecado da gula QUELLIER, Florent. Gula: história de um pecado capital. São Paulo: Editora Senac, 2011. | 1 Marcelo Moraes e Silva | 1 Educação Física, Universidade Federal do Paraná.
Curitiba-PR, Brasil.
Endereço eletrônico: moraes_marc@yahoo.com.br Recebida em: 16-07-2014 Aprovada em: 15-04-2015 DOI: http:--dx.doi.org-10.1590-S0103-7331201500300018 A trajetória da história da alimentação no Ocidente é o foco central do livro Gula: história de um pecado capital, escrito pelo historiador francês Florent Quellier e publicado no Brasil em 2011 pela Editora SENAC.
Com a elegância e a sutileza de um típico seguidor de Marc Bloch, o autor fareja como poucos os vestígios históricos sobre os diversos modos de exercer a alimentação na Europa, a partir da Idade Média. Com extrema habilidade, Quellier enveredou pelos diversos emaranhados discursivos que a palavra “gula” recebeu.
O termo “gourmandise”, em suas primeiras ordenações linguísticas, emitia um enunciado que marcava um vício terrível, tornando-se, por intermédio da Igreja Católica medieval, um dos setes pecados capitais.
Entretanto, progressivamente novos emaranhados discursivos se sobrepuseram a estes enunciados condena...





Related documents