Revisitando o debate sobre o público e o privado em educação: da dicotomia à complexidade das políticas públicas Report as inadecuate




Revisitando o debate sobre o público e o privado em educação: da dicotomia à complexidade das políticas públicas - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação 2014, 22 85

Author: Sofia Viseu

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=399534056003


Teaser



Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Sistema de Información Científica Viseu, Sofia Revisitando o debate sobre o público e o privado em educação: da dicotomia à complexidade das políticas públicas Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, vol.
22, núm.
85, octubre-diciembre, 2014, pp.
899-915 Fundação Cesgranrio Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=399534056003 Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, ISSN (Versão impressa): 0104-4036 ensaio@cesgranrio.org.br Fundação Cesgranrio Brasil Como citar este artigo Número completo Mais informações do artigo Site da revista www.redalyc.org Projeto acadêmico não lucrativo, desenvolvido pela iniciativa Acesso Aberto Revisitando o debate sobre o público e o privado em educação: da dicotomia à complexidade das políticas públicas 899 Revisitando o debate sobre o público e o privado em educação: da dicotomia à complexidade das políticas públicas So a Viseu* Resumo O debate sobre o público e o privado tem ganho crescente protagonismo na agenda educativa internacional e em diversos fóruns científicos, políticos e sociais.
Este artigo visa revisitar este debate, identificando tendências atuais das medidas políticas que tendem para a introdução de uma lógica de mercado nos sistemas educativos.
Através do olhar das políticas e da administração educacional, o texto recorre a evidências empíricas disponíveis que mostram os efeitos perversos, particularmente no domínio das desigualdades escolares, que têm resultado da aposta de uma administração centralizada, assim como da introdução de lógicas de mercado e de liberalização da educação.
Este fenómeno será interpretado como um indicador da complexidade que reveste as políticas públicas e, nesse sentido, questiona-se a vantagem em manter uma certa dicotomização público- privado que tende a ignorar re...





Related documents