Osteoma gigante na mandíbula Report as inadecuate




Osteoma gigante na mandíbula - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Fernando Danelon Leonhardt ; Nicolas Galat Ahumada ; Márcio Abrahão ; Onivaldo Cervantes ;Brazilian Journal of Otorhinolaryngology 2015, 81 1

Author: Paula Demétrio de Souza

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=392437932017


Teaser



Brazilian Journal of Otorhinolaryngology ISSN: 1808-8694 revista@aborlccf.org.br Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia CérvicoFacial Brasil Demétrio de Souza, Paula; Leonhardt, Fernando Danelon; Galat Ahumada, Nicolas; Abrahão, Márcio; Cervantes, Onivaldo Osteoma gigante na mandíbula Brazilian Journal of Otorhinolaryngology, vol.
81, núm.
1, enero-febrero, 2015, pp.
107108 Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=392437932017 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Documento descarregado de http:--bjorl.elsevier.es el 26-02-2015.
Cópia para uso pessoal, está totalmente proibida a transmissão deste documento por qualquer meio ou forma. Braz J Otorhinolaryngol.
2015;81(1):107-108 Brazilian Journal of OTORHINOLARYNGOLOGY www.bjorl.org.br RELATO DE CASO Giant osteoma of the mandible☆ Osteoma gigante na mandíbula Paula Demétrio de Souza, Fernando Danelon Leonhardt*, Nicolas Galat Ahumada, Márcio Abrahão, Onivaldo Cervantes Departamento de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-EPM), São Paulo, SP, Brasil Recebido em 5 de dezembro de 2012; aceito em 10 de fevereiro de 2013 Introdução Osteomas craniofaciais são entidades raras e poucos casos têm sido descritos na literatura.1,2 São tumores ósseos benignos, caracterizados pela proliferação de osso cortical ou medular, acometendo principalmente adultos jovens.2,3 Osteomas periféricos têm sido descritos em osso frontal, etmoide e seio maxilar, mas são incomuns na mandíbula.3,4 Nesta localização, ocorrem mais frequentemente no ângul...





Related documents