Adaptação e validação da escala de sobrecarga do cuidador de zarit Report as inadecuate




Adaptação e validação da escala de sobrecarga do cuidador de zarit - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

ReferênciaRevista de Enfermagem 2010, II 12

Author: Carlos Alberto da Cruz Sequeira

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=388239959003


Teaser



Referência - Revista de Enfermagem ISSN: 0874-0283 referencia@esenfc.pt Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Portugal da Cruz Sequeira, Carlos Alberto Adaptação e validação da Escala de Sobrecarga do Cuidador de Zarit Referência - Revista de Enfermagem, vol.
II, núm.
12, marzo, 2010, pp.
9-16 Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Coimbra, Portugal Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=388239959003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ARTIGO DE INVESTIGAÇÃO Adaptação e validação da Escala de Sobrecarga do Cuidador de Zarit Adaptation and validation of Zarit Burden Interview Scale Carlos Alberto da Cruz Sequeira* Resumo Abstract O estudo da sobrecarga associada ao cuidar de idosos com dependência, de causa “física” ou “mental”, constitui uma prioridade em termos de saúde pública, pelo facto de possibilitar a avaliação das consequências negativas no cuidador informal. Existem diversos instrumentos padronizados para avaliar a sobrecarga, sendo o mais utilizado em termos internacionais a escala de sobrecarga do cuidador de Zarit (Burden Interview Scale).
Assim, elaboramos um estudo, no qual procedemos à adaptação e validação deste instrumento, para a população portuguesa, centrada em cuidadores de idosos com e sem demência, ou seja, com dependência de causa “física” ou “mental”. Através da análise factorial verificamos que a escala apresenta um constructo multidimensional constituído por quatro factores (impacto da prestação de cuidados; relação interpessoal; expectativas com o cuidar e percepção de autoeficácia).
Revela uma boa consistência interna, quer de forma global, quer ao nível dos diferentes factores.
Os cuidadores de idosos de...





Related documents