Saúde mental na atenção básica: como se configura a produção do conhecimento no brasil Report as inadecuate




Saúde mental na atenção básica: como se configura a produção do conhecimento no brasil - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Maria Aparecida Baggio ; Sílvia Azevedo dos Santos ; Betina H. Schlindwein Meirelles ;ReferênciaRevista de Enfermagem 2011, III 5

Author: Lisnéia Fabiani Bock

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=388239964020


Teaser



Referência - Revista de Enfermagem ISSN: 0874-0283 referencia@esenfc.pt Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Portugal Fabiani Bock, Lisnéia; Aparecida Baggio, Maria; Azevedo dos Santos, Sílvia; Schlindwein Meirelles, Betina H. Saúde mental na atenção básica: como se configura a produção do conhecimento no Brasil Referência - Revista de Enfermagem, vol.
III, núm.
5, diciembre, 2011, pp.
173-180 Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Coimbra, Portugal Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=388239964020 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ARTIGO TEÓRICO Saúde mental na atenção básica: como se configura a produção do conhecimento no Brasil Mental health in primary care: how to set up knowledge production in Brazil Salud mental en la atención primaria: cómo se configura la producción del conocimiento en Brasil Lisnéia Fabiani Bock*; Maria Aparecida Baggio**; Sílvia Azevedo dos Santos***; Betina H.
Schlindwein Meirelles**** Resumo Este trabalho busca, através da revisão integrativa da literatura, identificar a produção científica brasileira em saúde mental na atenção básica, divulgada nas bases de dados Latino-Americanas.
O levantamento bibliográfico abrangeu as publicações nacionais de 2001 a 2008, por meio da busca na BVS (Biblioteca Virtual de Saúde), nas bases de dados LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e BDENF (Base de Dados Bibliográficos Especializada na Área de Enfermagem do Brasil), consideradas como as principais bases de dados das ciências da saúde em geral e enfermagem brasileira.
A amostra foi composta por 42 artigos, submetidos a análise descritiva.
Os resultados apontam a região Sudeste com maior ocorrênci...





Related documents