O campo das plantas medicinais no brasil: lições de uma história Report as inadecuate




O campo das plantas medicinais no brasil: lições de uma história - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

História, Ciências, SaúdeManguinhos 2006, 13 1

Author: Kenneth Rochel de Camargo Jr.

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=386137982016


Teaser



História, Ciências, Saúde - Manguinhos ISSN: 0104-5970 hscience@coc.fiocruz.br Fundação Oswaldo Cruz Brasil Rochel de Camargo Jr., Kenneth O campo das plantas medicinais no Brasil: lições de uma história História, Ciências, Saúde - Manguinhos, vol.
13, núm.
1, enero-marzo, 2006, pp.
199-201 Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=386137982016 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto O CAMPO DAS PLANTAS MEDICINAIS NO BRASIL O campo das plantas medicinais no Brasil: lições de uma história The field of medicinal plants in Brazil: lessons from a history Kenneth Rochel de Camargo Jr. Instituto de Medicina Social (IMS) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ Rua Afonso Pena 141-402 20170-244 Rio de Janeiro – RJ kenneth@uerj.br Q Fernandes, Tania Maria Plantas medicinais: memória da ciência no Brasil. Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz, 2004.
260 p. ual a mola propulsora do desenvolvimento científico-tecnológico? Para os que baseiam seu pensamento na economia, a dinâmica econômica gera demandas que levam ao desenvolvimento de pesquisas e à produção de conhecimentos; para os que se baseiam nas próprias ciências, desenvolvimentos autônomos dos programas de pesquisa geram novos conhecimentos que se traduzem em inovações, e estas terminam percolando até as linhas de produção. No caso específico estudado por Tania Fernandes, o desenvolvimento das pesquisas em plantas medicinais, ambas as escolas de pensamento poderiam com razão apontar elementos que dariam ganho de causa às suas respectivas abordagens; o curioso é que apesar da multiplicidade de interesses, o esperado encontro entre pesquisa e produção não se dá, em todo o l...





Related documents